segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O Tamanho do Mundo

O mundo não cabe em mim, e isso me deixa maluco.

São tantas as pessoas, e tanta coisa dentro de cada uma. Não tenho tempo - e mesmo que tivesse várias vidas não teria - para absorver sequer as coisas que estão perto.

Cada coisa que aprendo me mostra a quantidade de coisas a mais que ainda não sei (e talvez nunca saiba). Saber, neste caso, não se trata apenas "ter consciência", mas também sentir através de todas os sentidos providos por Deus.

É aí que entra a arte. A arte nos torna mais humanos no bom sentido da palavra (porque "humano" é muitas vezes para mim sinônimo de xingamento).

É bom ver pessoas que lutam para se expressar através da arte, e mais ainda àquelas que lutam para que outras pessoas possam ter a consciência da importância da arte e que também possam se expressar através dela. Eis que a arte é caminho mais curto para a imortalidade terrena. Todos somos artistas... Só que alguns levam isso a sério, e procuram a cada segundo do dia melhorar naquilo que se propõem.

Não vou ser cínico. Eu me considero um deles. Um artista preocupado em melhorar, mas não para escrever um best-seller ou pintar uma Mona Lisa. Minha arte é conviver. Dangerosíssima, por sinal.

Este post é dedicado para a Catiaho, alma gentil que se doa sem perder a individualidade e a noção do seu eu, e que faz pessoas como eu enxergarem o mundo de uma forma menos complicada.

Um comentário:

Reflexo d Alma disse...

Lupo,
eu deveria ficar em silencio,
porem
não estou em momento de obedecer e calar.
Se aquele post teve esse efeito,]creia
é em cadeia pois o do silvio
me inquietou e ainda me inquieta.
Tiro pra voce minha boina bege(a que veio
da frança e que quando ver
com ele creia:estou a serviço da arte)
Bjins e depois volto...

Postar um comentário

Obrigado por comentar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...