quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Eclipse

O sol ilumina o dia
A lua, a noite.

O sol aquece o corpo
A lua, a alma.

O sol ama a lua
A lua, o sol.

E os dois quase não se encontram. Quando acontece, tudo fica escuro para que ninguém veja os detalhes desta comunhão, mas o amor é tanto que não conseguem sua privacidade: Todos olham para o céu, e percebem na noite do dia como é bom virar um só.

Virar um só... Virar um sol! Torna-se lua... Nua... Minha... Sua.

Eis que o amor do sol e da lua nos ensina que para ser feliz não é preciso estar juntos sempre. Devemos apenas exercer a nossa missão. No caso deles, iluminar, aquecer e embalar os sonhos. A nossa é mais simples: Amar.

Observação 1: Este texto foi inspirado neste post da Lena. Impressionante como a poesia dela me inspira! Acessem: http://bit.ly/gMrzsC

Observação 2: Por um motivo pessoal, este foi o texto mais doído que eu já escreví. Não queria que sol e lua se amassem, pois este amor (ou um igual) quase destruiu os meus sonhos.

12 comentários:

Faa Cintra disse...

Lindo... Sol e Lua amor sem igual

LyRodrigues disse...

Temática que eu mais amo.

Lindo, sublime

Do OUTRO lado do espelho... disse...

Eclipse do amor...junção de duas forças...Cada qual com seu poder de sedução...lindo e muito doido mesmooo!!!

Blog da Fofa disse...

BB, achei tão lindo, mas tão lindo que não tenho palavras pra comentar. Foi um dos posts mais lindos q escreveu. Te adoro. Bjos

lucidreira disse...

Pois as inspirações faz com que direcionem as pensamentos sempre para o amor, e paira sempre em nossas loucuras, de amor.
Abraço

Sérgio Filho disse...

Somos nós, dois sóis mortalmente atraidos.

Aquele abraço!

Maria Helena disse...

Meu querido Lupo,

Eliana, do blog Coisas boas da vida, fez um comentário na minha postagem de ontem se referindo a sintonia poética que temos. E eu percebo isso o tempo todo. É como se você tivesse nas mãos aquela palavra latente que não conseguiu se expressar na hora da minha inspiração. É como se você tivesse uma parte do meu quebra-cabeça poético. Você vai pincelando diariamente minha poesia de perfeição. Sem a sua ramificação muitas das minha poesias não teriam um novo caminho de possibilidades para seguir.
obrigada por ter me feito tão feliz em 2010.
Você é muito, muito, muito, muito, infinitamente muito especial na minha vida.
Beijo de sua amiga que poderia ser, com muito prazer, a sua mãe!

Um 2011 maravilhosoooo, de preferência postando junto comigo!
Bjs

Talles Azigon disse...

ah lupo
meu doce amigo
vou te dá um presente em falar em lua
se chama Eclipse

Eclipse:
Eu todo vestido de Sol
Ela toda vestida de Lua
Fizemos acontecer um Eclipse.
Deixamos as ruas nuas.

(Talles Azigon)

Michelle Lynn disse...

Olá Lupo, quanto tempo!

Adorei o texto que li, se foi o mais louco, que o encontre sempre muito louco...

Lembro-me um filme "O Feitiço de Áquila"... o amor entre o sol e a lua é quase impossível...

Um grande abraço...
Mi

Aprendiz disse...

Não sabia que vc era adepto de Lua nova! rsrsrs (brincadeira).

Vim aqui na verdade somente pra módi lhe deixar um cheiro!

Reflexo d Alma disse...

Adoro tudo que passa ao redor dos dois..
lendas
mitos , amores,
ferias
e eles la...
Eclipse

O sol ilumina o dia
A lua, a noite.

O sol aquece o corpo
A lua, a alma.

O sol ama a lua
A lua, o sol.

Adorável post...

Bjins entre sonhos e delírios

LiLy disse...

nossa adorei tudo to seguindo ta
se pude mim segui tb
bjs

Postar um comentário

Obrigado por comentar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...